As santas coxinhas

Ela é um patrimônio gastronômico de São Paulo. Você não precisa andar muito pela cidade para encontrar uma coxinha. Seja em bares, restaurantes, padarias ou até mesmo em supermercados. O salgado predileto dos paulistanos está espalhado pelas esquinas da capital, mas em uma delas há um lugar como você nunca viu.

Entre a rua Monsenhor Pio Ragazinskas e avenida Zelina está o Santa Coxinha, uma lanchonete que oferece o salgado com mais de 60 tipos de recheio. É isso mesmo! São 61 opções salgadas e seis doces. Esqueça o tradicional de frango, lá você encontra os mais diferentes e inusitados sabores. Tem coxinha com carne de pato, estrogonofe, salmão, rabada com parmesão e até mesmo de feijoada. Isso sem falar nas doces. Você já provou uma coxinha de Lindt ou de Ovomaltine?

santa_coxinha_fora_da_mira_2

O Santa Coxinha é sucesso na zona leste e tem mais de 30 anos de história. Tudo começou em 1982, quando Seu Manuel e Dona Carmem decidiram abrir uma pequena lanchonete no estacionamento do supermercado Morita, na avenida Anhaia Mello. Fernando Scarcella, filho do casal, assumiu o controle dos negócios 15 anos depois e o estabelecimento não parou de crescer.

Fernando ou “Matusa”, como é conhecido, sempre quis inovar. A coxinha já era uma das mais famosas da região e então ele teve a ideia de expandir e criar novos sabores. A lanchonete no supermercado ficou pequena demais para os seus planos e eles precisaram se mudar em 2004, ainda na avenida Anhaia Melo, mas desta vez em um posto de gasolina.

“Passamos a 10, 20, 40 e hoje chegamos a mais de 60 sabores… O objetivo é continuar inovando e chegar a 100 opções de coxinhas”, conta ele. A vontade de crescer fez com que eles mudassem novamente de endereço e foi então que optaram pelo atual na Vila Zelina, onde estão desde 2011. O intuito era oferecer um espaço com mais conforto e estrutura aos clientes.

A troca por um ambiente maior também ajuda na criação de novos sabores. Como todas as massas e recheios são feitos de forma artesanal é preciso ter uma equipe com profissionais treinados para atender à demanda que deve crescer em 2017: quatro sabores estão sendo avaliados e podem entrar no cardápio neste ano. Dentro da lanchonete há um “laboratório de sabores”, onde são constantemente testados novos ingredientes e combinações.

Confira abaixo o cardápio da lanchonete – o menu é de 2016 e os valores e os sabores podem ter sido alterados.

cardapio_santa_coxinhas_fora_da_mira

Além das coxinhas
Apesar de ser o carro-chefe do estabelecimento, a enorme variedade de coxinhas não é a única opção dos clientes. Há outros tipos de salgados como empadas, bolinhos de carne e de bacalhau, esfihas e kibes, além de lanches, beirutes, pastéis e porções.

ultra_x_fora_da_miraUm dos lanches mais famosos do cardápio é o Ultra X-Tudão. Só pelo nome você já pode imaginar o tamanho dele, certo? Errado. Ele é maior ainda! São mais de 20 ingredientes dentro de um pão sírio, o que faz dele um dos maiores, senão o maior lanche da cidade, com 2,5 quilos! “Nós costumamos falar que ele pode servir até oito pessoas, dependendo da fome”, diz Matusa em tom bem-humorado.

O prato surgiu por causa de dois clientes. O restaurante já tinha um lanche que pesava cerca de um quilo, mas isso não era suficiente para matar a fome desses fregueses. Foi a partir daí que começaram os estudos para a criação de um lanche maior ainda, dando origem ao Ultra X-Tudão. Até hoje apenas três pessoas conseguiram comer o lanche todo.

Confira um bate-papo Fernando Scarcella, atual proprietário do Santa Coxinha, que fala sobre os desafios e dá algumas dicas sobre o cardápio da lanchonete.

Qual foi o seu maior desafio desde que assumiu a lanchonete em 1997?
A adaptação ao novo local, pois necessitava de uma equipe maior e com mais treinamento e preparo. Tudo o que fazemos é artesanal e montado na hora, desde a massa da coxinha até seus mais de 60 sabores.

Qual a diferença de uma coxinha de massa de batata para uma de massa de mandioca?
A composição da base da massa altera bastante o sabor final. A massa de mandioca tem um sabor um pouco mais pronunciado do que a de batata e casa perfeitamente com alguns de nossos sabores, como carne seca. Pelo mesmo motivo, essa massa não pode ser usada com todos os recheios, pois seu sabor poderia sobressair ao do recheio.

Vocês tem coxinhas de costela de bafo, picadinho, estrogonofe… De onde vem tanta criatividade?
Vem da vontade de surpreender nossos consumidores o todo tempo! Temos clientes fiéis há mais de 20 anos e eles naturalmente já esperam novidades quando vem aqui.

Existe limite na criatividade de um prato? Eu nunca imaginaria que poderia existir uma coxinha com massa de mandioca e recheio de rabada com parmesão…
Não há limite! O negócio é fazer testes para descobrir novas sensações ao paladar e surpreender!

O que seria uma coxinha sem massa?
É uma coxinha onde a massa é substituída por catupiry. O recheio e a montagem acontecem da mesma forma, porém o sabor é sensacional, uma vez que a coxinha fica crocante por fora e extremamente cremosa por dentro. É uma sensação única.

Quais são os três itens mais pedidos do cardápio?
Com certeza os tradicionais saem na frente sempre como coxinha de frango e de frango com catupiry, mas ultimamente os sabores mais pedidos são carne louca, costela no bafo e cordeiro com molho de hortelã.

O que um cliente que visita a casa pela primeira vez não pode deixar de pedir?
Isso depende muito das preferências da pessoa e do que ela está com vontade no dia, mas recomendamos a coxinha de pato com molho de laranja, que está fazendo bastante sucesso. Se a pessoa não quiser comer frituras pode ir sem medo na esfiha de costela no bafo!

santa_coxinha_fora_da_mira
Fernando Scarcella comanda a lanchonete desde 1997

Santa Coxinha
Praça República Lituana, 73 – Vila Zelina
Segunda à sábado, das 10h às 22h30
Telefones: (11) 2345-4249 ou 2347-322

Redes sociais
Site: santacoxinha.com.br
Facebook: facebook.com/santacoxinha
Instagram: @santacoxinhaoficial

Anúncios

E aí, o que achou? Dê a sua opinião no Fora da Mira!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s