O absurdo desperdício de alimentos no mundo

Mais de 30% de todos os alimentos produzidos anualmente no mundo são jogados fora, o que resulta em um prejuízo econômico de US$ 940 bilhões. Isso corresponde a R$ 2,98 trilhões. O que mais impressiona é que este número só leva em conta os alimentos que são desperdiçados e perdidos antes de chegar à mesa do consumidor, ou seja, o montante final é ainda maior.

As informações foram divulgadas pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, sigla em inglês para Food and Agriculture Organization of the United Nations). Os dados estão disponíveis no SDG Target 12.3 On Food Loss ans Waste: 2016 Progress Report, relatório produzido pela instituição em setembro de 2016 e que aborda números referentes ao desperdício e perda de alimentos no planeta.

Para se ter uma ideia, a FAO estima que somente os alimentos que não são aproveitados na América Latina poderiam satisfazer as necessidades alimentares de 300 milhões de pessoas. Percebemos que o valor é tão absurdo quando nos damos conta de que apenas China, Índia e Estados Unidos possuem populações superiores a 300 milhões de habitantes.

Desperdícios por categorias na América Latina
O valor total de alimentos desperdiçados na América Latina é de 127 milhões de toneladas, ou seja, 127 bilhões de quilos. Confira abaixo o índice de desperdício para cada tipo dos principais produtos alimentares:

alimentos_perdidos_fora_da_mira

Outro dado interessante levantado sobre a América Latina é referente ao porcentual de calorias que deixam de ser consumidas por conta da perda ou desperdício dos alimentos. Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura leva em conta cinco etapas: produção, processamento, manejo e estoque, distribuição e consumo. Veja abaixo:

calorias_perdidas_fora_da_mira

Impacto no meio ambiente
Além de atrapalhar (e muito) no combate à fome, o desperdício também afeta a natureza. A FAO calcula que todo o alimento desperdiçado/perdido resulte na produção de 4,4 gigatoneladas de dióxido de carbono, o que corresponde a 4,4 milhões de toneladas ou 4,4 bilhões de quilos do gás que destrói a nossa camada de ozônio e aumenta ainda mais os impactos do efeito estufa.

Se o desperdício de alimentos fosse considerado um país ele estaria na 3ª colocação entre os maiores emissores de dióxido de carbono, atrás apenas de China (10,7 gigatoneladas) e Estados Unidos (5,8 gigatoneladas). Veja no gráfico a seguir:

producao_co2_fora_da_mira

A perda de alimentos também joga fora 250 quilômetros cúbicos de água. Isso pode parecer pouco para quem não entende desses sistemas de medida e volume, mas só parece. Esses 250 quilômetros cúbicos equivalem a nada menos do que 250 trilhões de litros.

Enquanto isso…
Outro dado importante divulgado pela organização é sobre a fome. Há simplesmente 800 milhões de pessoas que não tem o que comer (um a cada nove habitantes do planeta). A análise fica ainda pior quando a FAO afirma que a capacidade mundial de produção de alimentos é suficiente para suprir todas essas pessoas famintas.

fome_fora_da_mira_2
Foto: EBC Brasil

Uma das poucas informações animadoras é de que 167 milhões de pessoas deixaram de passar fome quando se leva em conta o período de 1990 a 2016. Um dos grupos mais importantes para essa evolução são os pequenos fazendeiros (com terrenos menores do que dois hectares). Eles representam mais de 90% das 570 milhões de fazendas do mundo, gerando a maior parte da produção mundial de alimentos. Atualmente, 38,5% de toda a área terrestre do planeta é ocupada por fazendas.

#SemDesperdício
Apesar dos problemas que envolvem o desperdício dos alimentos e a fome parecerem estar longe de uma solução, algumas ações contribuem para minimizar essas questões. Em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e com o WWF-Brasil, a FAO lançou no final de outubro de 2016 a campanha #SemDesperdício. 

A campanha tem como meta auxiliar em um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável aprovados pela ONU em 2015: reduzir pela metade o desperdício de alimentos por pessoa no mundo, tanto a nível de varejo ou do consumidor, e também minimizar as perdas de alimentos ao longo das cadeias de produção e abastecimento, incluindo o pós-colheita, até 2030. É muito fácil participar da #SemDesperdício.

Ao entrar no site da campanha (disponível nos comentários abaixo) basta preencher o cadastro com seu nome e e-mail. Pronto! A partir daí você participará do desafio Uma Mania a Menos. Durante os próximos 10 dias você receberá informações e conteúdos sobre como evitar o desperdício de alimentos.

Você também terá algumas missões que podem variar desde arrumar a sua geladeira do jeito certo para não estragar os alimentos até calcular melhor quantas porções você realmente precisa cozinhar. A ideia da campanha é fazer com que as pessoas mudem os seus hábitos adotando um consumo mais sustentável.

O site da campanha ainda disponibiliza manuais que ensinam como reduzir o desperdício de comida no trabalho, em casa e em eventos. Confira abaixo um vídeo da iniciativa produzido pelo WWF-Brasil:

Todas as fontes utilizadas nesta matéria estão disponíveis nos comentários abaixo.

Anúncios

13 pensamentos

  1. O desperdicio de alimentos é uma temática muitissimo importante, e que realmente contrasta com a realidade de escassez de alimentos de outros países. Parabens pelo post, me inspirou inclusive a escrever mais sobre temáticas importantes assim lá no blog.

    sorria sempre 🙂
    http://www.malusilva.com.br

  2. Olá!!

    O que eu achei?? Um post incrível que todos deveriam ler, pois é muito importante se conscientizar. Que dados alarmantes é tão triste saber disso enquanto outras pessoas passam fome. Bom eu não sabia dessa campanha, mas eu acho super valida, incrível, importantíssima e ótima para conscientizar, pois se cada um fizer sua parte ao final teremos um grande resultado. Que essa campanha de super certo.

  3. É muito triste ver esses dados, mas se as pessoas não começarem a se ligar, vão piorar mais ainda. Vou ver se me inscrevo naquele desafio para evitar os meus disperdícios, e fazer minha parte 🙂 Beijão.

  4. Acho que o problema não está no desperdício em si, mas na demora da chegada dos alimentos até o seu destino. O que ajudaria muito no Brasil tanto para consumirmos ou exportar, seria a reativação das linhas férreas.
    Ótima matéria!

  5. Quantas informações bacanas você conseguiu reunir em um post! Utilidade pública né rs. Eu sabia que o desperdício era um problema mas não nessa escala toda. As vezes nem dá para acreditar que chegamos a esse ponto. Parabéns pela postagem.
    Um beijo.

  6. Realmente, o desperdício de alimentos sempre foi algo que me deixou preocupada e olha que eu não tinha ideia de números e estimativas! Por isso adorei o post, está muito rico de informações e com ótimos dados. Parabéns ♥

  7. Confesso que eu sabia que o número de despedicio era grande, mas não tinha noção da imensidão :O Realmente é muito triste pensar que muitas pessoas não tem acesso a alimentação e o número do desperdicio cresce cada dia mais.

  8. O Disperdicio de alimento é absurdo mesmo. Campanhas como essas são importantes para a conscientização e educação das pessoas também. Mesmo assim, ainda acho que tem muuuita gente que não aprende </3

  9. Pelo menos no Brasil se não me engano muitas empresas não fazem doação de alimenteos que não foram usados, como sobras de churrascarias e outros estabelecimentos, pois parece que quem está doando é responsabilizado se causar problemas de saúde para quem está recebendo a doação.
    Então para não terem problemas a maioria prefere descartar comida que está em perfeitas condições para o consumo do que levar algum processo por causa de algum mal que a comida possa ter causado, é triste, mas é isso mesmo.

  10. FONTES

    Campanha #SemDesperdício
    http://www.semdesperdicio.org/

    ¿Qué sabemos hasta ahora sobre las Pérdidas y Desperdicios de Alimentos (PDA)?
    http://media.wix.com/ugd/e62f26_fa621cda1f554b8c8ac883c41014fc1d.pdf

    SDG TARGET 12.3 ON FOOD LOSS AND WASTE: 2016 PROGRESS REPORT
    http://media.wix.com/ugd/e62f26_49f2196eadc049c6b3cafaf2a2f4b9fc.pdf

    SAVE FOOD: Global Initiative on Food Loss and Waste Reduction
    http://www.fao.org/save-food/news-and-multimedia/news/news-details/en/c/453372/

    FAO e parceiros lançam campanha nas redes sociais para reduzir desperdício de alimentos
    https://nacoesunidas.org/fao-e-parceiros-lancam-campanha-nas-redes-sociais-para-reduzir-desperdicio-de-alimentos/

    Sustainable Development Goals
    http://www.fao.org/sustainable-development-goals/goals/goal-2/en/

E aí, o que achou? Dê a sua opinião no Fora da Mira!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s